22 de setembro de 2016

Amizade



Amizade é selada na gafe. Amor cresce no constrangimento. É quando a vida dá errado e descobrimos que não somos sozinhos.

(Fabrício Carpinejar)

Ela é pássaro de si mesma


Feita de emoções, de sonhos atrasados, de amores que se vão, de metamorfoses vivenciadas, de períodos de fartura e secas. Ela desiste de ser infeliz por quem sequer olhou com afeto em seus olhos, mulher que deixa para trás quem não sabe olhar para frente e muito menos dar as mãos. Perfeita aos olhos de quem sabe agradecer pelas gentilezas da vida. De sorrisos inocentes e olhares que curam. Ela é o que há de bonito na vida, reinventora de si, sabe recomeçar porque sua armadura é a persistência. Tão guerreira quanto nobre, ela é pássaro de si mesma.

(Vitor Ávila )

Primavera


É primavera

É hora de florir
Pois espinhos sabemos que temos
Frutos aqui colhemos
E as folhas de outono já deixamos cair.

Mas não faz mal se suas folhas caírem agora
E a primavera chegar sem demora
Dentro de você 
O inverno florescer.

Somos estações do ano todos os dias
Um dia o calor do verão
No outro a primavera tardia
Repentinamente outono no chão.


(Adriana Silva)

7 de setembro de 2016

Fragilidades


Às vezes somos tão pequeninos
Que parecemos um passarinho
A procura de abrigo
A espera de um ombro amigo
Que nunca vem.

Nosso particular é tão frágil e tão sensível
Mas carregamos sementes
Que com garras e dentes
Que fazem germinar a flor.

Tão insignificantes nos sentimos
Que a cada dia que passa
Nem percebemos que partimos
Pouco a pouco.

Nesse mundo que achamos grande
Para o minúsculo que somos
A única certeza que temos
É que plantamos o nosso amor.

(Adriana Silva)