11 de abril de 2015

Cabeleira


Balança pra lá, balança pra cá,
Eu e meu cabelo de fuá!
Respiro o vento que me abraça,
E vejo na natureza toda a graça!

Balança devagar, balança rapidinho,
Eu e meu cabelo enroladinho!
Cada um define ele de um jeito,
Mas para mim do jeito que é está perfeito!

Balança pra frente, balança de lado,
Eu e meu cabelo cacheado!
Nele está o meu charme e beleza,
Assim como há em toda a natureza!

(Adriana Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário