26 de fevereiro de 2015

A noite e o barco


Navegava a moça durante o dia, rumo ao seu destino que sonhava
Quando percebeu a noite de mansinho já chegava
Um medo bateu em seu coração,
Diante daquele fria e enorme escuridão.

Com seus badulaques, flor e bagagem
Lá ia ela seguindo otimista a sua viagem!
Levantou-se em um súbito momento
E fez dele o seu grande acontecimento.

Dançava e cantava 
E assim o tempo passava
Quando percebeu
Em seu destino chegava.

(Adriana Silva)



21 de fevereiro de 2015

O poder da Música


A música nos dá aquela sensação que não estamos sozinhos. Ela nos mostra que somos compreendidos, mesmo quando não há compreensão do que se passa dentro e fora do nosso mundo. Ela nos aproxima de um mundo interior só nosso, que antes era desconhecido, e agora profundamente desmistificado e descoberto. Nossas preferências musicais são só nossas, e somente nós entendemos, ou quem sabe nem é preciso entender porque simplesmente gostamos. O fato, é que algo nos toca tão profundamente que somente nós entendemos. Pode nos arrancar sorrisos, lágrimas e até dor em nossas recordações mais profundas. Somos invadidos por sons desde que somos uma sementinha no ventre de nossa mãe. Reconhecemos vozes, e quando nascemos o nosso primeiro canto é nosso choro. E quando ele é ouvido, as pessoas dizem: - Está tudo bem! Essa é a nossa primeira música! Quando partimos desse mundo, nosso suspiro é a última canção. E o nosso legado continuará a quem se permite entender e amar tudo aquilo que deixamos.

(Adriana Silva)

11 de fevereiro de 2015

Eu cresci!


Eu cresci!
Mudei os meus gostos, o meu jeito em algumas coisas.
Compreendendo mais outras coisas,
Mudando meu humor...
Mas, dentro de mim sempre serei a menina doce,
Que adora carinho, beijos e abraços.
E que mesmo que mudar em tudo,
Nunca deixará de ser aquela que se encanta com as coisas mais simples
E principalmente aquelas que vem do coração...

(Adriana Silva)